Bluetooth a solução para incompatibilidade na comunicação

Adaptador Bluetooth/USBPor conta do dia dos namorados, no mês passado, eu adquiri um celular novo a qual presentei a minha amada esposa, quem usa exclusivamente Linux em seu notebook (sorte dupla – por ter casado com ela e por ela só usar Linux 😉 ).

Como eu já esperava não encontrei nenhum celular com suporte oficial no Linux, por isso eu decidi que o aparelho deveria ter bastante memória e suporte à tecnologia Bluetooth para que a partir desta tecnologia fosse possível transferir as fotos, filmes, músicas etc sem muitos problemas.

Pesquisei bastante até chegar a um modelo legal e no final adquiri o w380i da Sony Ericsson. Só faltava um item: O adaptador Bluetooth que ainda não tinha em no PC e nem no notebook. Voltava eu ao bom e velho Google para pesquisar um dispositivo bom, discreto e barato, mas que funcionasse.

Cheguei então a um modelo que é tão minúsculo que só não é menor devido ao tamanho do conector USB. O aparelhinho que parece um pedaço de pendrive quebrado é da marca Dongle, conforme dedurou o lsusb, em minha máquina (saiba mais sobre ele no Google):

lsusb|grep Bluetooth
  Bus 003 Device 004: ID 0a12:0001 Cambridge Silicon Radio, Ltd Bluetooth Dongle (HCI mode)

Ao conectá-lo no PC, ele foi imediatamente reconhecido pelo Ubuntu que, logo colocou o ícone de status do Bluetooth no painel, necessitando apenas configurar a comunicação entre o PC e o celular. O que é feito através de um assistente bastante intuitivo ao estilo Avançar, Avançar Concluir.

Configurando o adaptador e autorizando o acesso aos arquivos do celular a partir do Ubuntu

Uma vez que o modo Bluetooth tinha sido ativado no celular foi só voltar ao PC, clicar sobre o ícone de status do Bluetooth e escolher a aopção “Configurar novo dispositivo” para que o assistente fosse imediatamente exibido.

Este assistente procura todos os dispositivos Bluetooth nas redondezas e os lista para sua escolha. Quando você seleciona o celular ele exibe um código númerico que você deverá digitar no seu celular e que já está o esperando – tudo assim automático.

Após isso o seu telefone estará pronto para ser acessado no seu Ubuntu diretamente pelo Nautilus. Sendo necessário apenas iniciar a comunicação entre eles para que o celular seja montado como se fosse um dispositivo normal, tal como um pendrive, HD externo, camera etc.

Acessando os arquivos do celular, no PC via Bluetooth

Uma vez que tudo esteja configurado sempre que precisar acessar os arquivos do celular basta clicar com o botão direito do mouse sobre o ícone de status do Bluetooth no painel, clicar no comando “Procurar arquivos no dispositivo…” e após escolher o seu celular na lista o Nautilus – gerenciador de arquivos – será aberto com o seu celular montado e tendo todas as suas pastas e arquivos disponíveis, como se fosse um pendrive sem fio.

Só lembre-se que como todo dispositivo de armazenamento que é montado em seu sistema, o celular precisar ser ejetado antes de desligar o modo Bluetooth. Também não esqueça de desligar este modo de comunicação para economizar a bateria do seu aparelho, quando não o estiver usando.

Protegendo seu computador de acesso indevido com Bluetooth

Um aplicativo bacana que encontrei nas minhas andanças é o chamado Blueproximity. Com ele ativo e configurado toda vez que você se afastar do seu PC ele será bloqueado, e ao aproximar-se novamente ele será liberado para uso.

Ele faz isso detectando um de seus dispositivos bluetooth, geralmente seu telefone celular, e acompanhando a sua distância. Se você for para longe do seu computador e a distância fica acima de um determinado nível (nenhuma medida em metros é possível) por um determinado tempo, ele automaticamente trava sua área de trabalho (ou executa qualquer outro comando shell que você queira).

O procedimento de instalação – no Ubuntu – é o mesmo de qualquer outro aplicativo. E a configuração que é simples pode ser vista no site oficial, cujo link já passei.

Mais!?

Um detalhe legal e que pode ser útil é que de posse de dois aparelhinhos deste seria possível transferir arquivos entre dois computadores sem precisar placas de rede, puxar fio, configurar senha WAP, wifi e nem nada. Fica então a dica para quem precisa constantemente trocar arquivos entre dois computadores próximos e que não quer montar uma rede cabeada nem wifi.

Há sim… o preço do aparelhinho: R$14,00 em qualquer lojinha de produtos de informática.

6 ideias sobre “Bluetooth a solução para incompatibilidade na comunicação”

  1. Olá, Braga.
    Gostei do artigo. Eu tenho o mesmo bt dongle, que funciona perfeitamente bem, mas o windows vista passou a pedir instalações de “bluetooth peripheral device driver”, para o dispositivo funcionar, a cada login… Teria alguma solução para esse caso?
    Agradeço a atenção.

    1. Olá @Paulo,

      Pra ser honesto o meu ultimo contato efetivo e completo com sistemas Microsoft foi na versão 98SE (Win Me, não conta). Com o Windows XP ainda tive alguns poucos momentos de bate-papo, mas sem muita intimidade. Já o Win Vista nunca fomos formalmente apresentados 😉 O auge do meu conhecimento sobre ele é para abrir o prompt de comandos e digitar ocomando ipconfig.

      Infelizmente vou ficar te devendo uma resposta exata, mas a julgar que o aparelhinho não vem com CD de instalação, o Windows deveria reconhecê-lo sem problemas. Eu arriscaria ir até a lista de dispositivos (no Win98 e XP era nas propriedades do Meu Computador) e procuraria por algum dispositivo que está com problemas de configuração. Ao achá-lo, forçar a reinstalação do driver a partir do CD original do Windows deve resolver.

  2. Não consigo configurar meu dispositivo bluetooth ao meu note book.
    A instalação não está sendo bem sucedida.
    Aparece uma mensagem dizendo “BluetoothPeripheral Device – Assistente cancelado”.

    Desde já agradeco, certo de contar com sua colaboração…

    Mauricio

  3. @Mauricio Mendes

    Rapaz, assim fica complicado dizer o que está acontecendo. Aqui eu só tive problemas com um celular HTC que não se conectava especificamente com o meu adaptador Bluetooth mas se conectava normalmente à outros. Fora aquele caso nunca tive problemas.

    Se você der mais detalhes pode até ser possível ajudar, mas só tendo a mensagem de erro sem saber como e onde ela apareceu é difícil.

    Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *