Redimensionando um disco virtual já existente sem parada dos serviços

Em se tratando de sistemas virtualizados com Linux para quase tudo há um meio de fazer sem precisar parar o servidor. Suponhamos, então, que você pretenda expandir um volume LVM em seu servidor virtual que está em produção e não pode ser desligado. Com alguns poucos comandos isso pode ser feito rapidamente. Continue lendo Redimensionando um disco virtual já existente sem parada dos serviços

HTOP: Um top aperfeiçoado

Os comandos “ps” e “top” são bem populares no mundo Linux, para monitorar e gerenciar processos. Embora práticos eles não são muito amistosos, então fica dica. Instale o “htop” e seja feliz!

Screenshot - htop

Com ele pode-se fazer praticamente tudo que se faria com aquelas outras ferramentas porém de maneira mais amigável. Você pode trocar “o tema de cores”, pode selecionar o processo a ser manipulado usando as setas direcionais, pode marcar vários processos a serem manipulados ao mesmo tempo, listar os processos em árvore, repriorizar processos e muito mais.

Nas distribuições Debian-Like (Mint, Ubuntu, etc) o bom e velho apt-get pode instalar a ferramenta , mas para usuários de outros sabores de Linux certamente não terão dificuldade para encontrar um pacote pré-compilado para seu sistema. E para invocá-lo basta digitar “htop” na linha de comandos.

Museu da Criptografia

CryptoMuseumLocalizado na Holanda, o museu virtual da criptografia, em raras e especiais ocasiões, só pode ser visitado pela Internet. Então se você tem curiosidade em ver como é e saber mais sobre o funcionamento da famosa “Enigma”, usada na 2ª guerra mundial, entre outras curiosas ferramentas usadas para comunicação “segura”, então você não pode deixar de acessar o site do Museu em http://www.cryptomuseum.com

Aprendendo “vi” com “vimtutor”

logo-editor-vim“Vi” é um dos principais, e mais antigos, editores de texto em linha de comandos. 10 entre 10 instalações Linux possui ao menos uma versão do Vi original ou uma de suas “encarnações” (vi, vi, elvis, nvi etc). Quem usa linha de comandos com muita frequência vez por outra precisa editar um arquivo de configuração e mesmo havendo inúmeras alternativas é bem provável que em algum momento você se depare com uma instalação que não tenha o seu editor preferido, mas o vi está lá, pronto para ser usado com aquele “jeitão intimidador”. Sendo uma ferramenta quase onipresente no mundo Linux, conhece-lo é primordial. Continue lendo Aprendendo “vi” com “vimtutor”

Além do mundo real