Gerenciamento de servidores SSH ao alcance de 3 cliques

Ontem eu registrei uma dica sobre como conectar a servidores remotos via SSH sem que você precise digitar a toda hora aquela sua senha de 20 caracteres.
Hoje, ainda no mesmo espírito de simplificar a vida de administradores de sistemas eu deixo um pequeno script que lista todos os seus servidores em uma janela gráfica em que você poderá escolhe-los e conectar sem precisar digitar nada.A primeira coisa a fazer é digitar o código abaixo em um arquivo e dar permissão de execução ao dono:

— COPIE DAQUI —

#!/bin/bash
#WBRAGA - 05-out-2007 - welrbraga[AT]yahoo[DOT]com
#Script para selecionar servidores gerenciáveis por SSH.
SERVIDOR="."
 
while [ "$SERVIDOR" != "" ]; do
 
	SERVIDOR=`zenity --list --radiolist --hide-column=2 \
	--title "Escolha um servidor" \
	--width=300 --height=350 \
	--text "Escolha o servidor que você deseja\n conectar e confirme clicando em OK" \
 	--column=X --column="Conexão" --column=Servidor --column="Descrição" \
 	TRUE  ""                  Sair        "Encerra esta aplicação"  \
 	FALSE "editar"            Editar      "Edita o script"          \
 	FALSE wbraga@essinfo      Essinfo     "Banco de dados"          \
 	FALSE welrbraga@ipe       Ipe         "E-Mail teste"            \
 	FALSE wbraga@caesalpinia  Caesalpinia "Web server"              \
 	FALSE wbraga@sumauma      Sumauma     "E-Mail"                  \
 	FALSE wbraga@gangorra     Gangorra    "Firewall/Proxy"          \
 	FALSE wbraga@cactus       Cactus      "DHCP"                    \
 	FALSE wbraga@10.20.168.15 INFO1015    "Eu mesmo - Teste"                \
 	`
 	#Selecionou o servidor então chama o SSH
 	if [ "$SERVIDOR" != "" ]; then
 		if [ "$SERVIDOR" == "editar" ]; then
 			gedit $0
 			exit
 		else
 			gnome-terminal -x ssh $SERVIDOR &
 		fi
 	fi
 
 done

— ATÉ AQUI —

Agora observe as linhas que começam com TRUE/FALSE, como esta FALSE wbraga@sumauma Sumauma "E-Mail" \. Cada linha desta é um servidor e tem a seguinte estrutura:
FALSE login@seuservidor "Nome do Servidor" "Comentário sobre ele"

Com excessão das duas primeiras que correspondem aos comandos “Sair” e “Editar” todas as demais podem ser editadas/excluídas. Particularmente quando eu adiciono um novo servidor eu aumento, manualmente, em 10 a altura da janela (na linha --width=300 --height=350 \) para que não seja preciso usar barras de rolagem, mas isso é firula.

Uma vez salvo, com permissão de execução e gravação para o dono, basta criar um atalho na barra de ferramentas para que você possa acessa-lo facilmente com um só clique e pronto!

Agora você poderá acessar seus servidores SSH com apenas três cliques: 1º abre o script, 2º Escolher o servidor, 3º OK. Se você mantiver o programa sempre aberto os demais servidores serão abertos com apenas dois cliques.

Abaixo segue um screenshot desta obra de arte 🙂

Script para gerenciamento de servidores

3 thoughts on “Gerenciamento de servidores SSH ao alcance de 3 cliques”

  1. Braga, a bastante já acompanho suas publicações e me tem sido muito úteis no dia dia, já trabalho com linux a bastante tempo e uso muito shell script em meus clientes, apenas gostaria de tirar uma duvida, na linha “gnome-terminal -x ssh $SERVIDOR &” tem este “&amp” no qual não consegui entender sua função….desde já agradeço e continue com essas maravilhosa publicações, pois tenho certeza que tem sido muito útil a muitos…….
    Obrigado

    1. Olá meu caro,

      Obrigado pelo pretígio.

      O “&” deveria ser tão somente um “&” e serve para desconectar o gnome-terminal da sessão onde o script está sendo executado. Isto é uma falha no WordPress (ou minha que não consegui me entender ainda) e toda vez que ponho o “&” o WP converte para a sequência HTML correspondente.

      Em fim, onde le-se “&” escreva apenas “&”.

      Abç

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.