Instalando a Ecofont no Linux

Economize 20% de tinta ao imprimir seus trabalhos usando a EcoFont. É o que promete a SPRANQ agência de comunicação (Utrecht, Holanda). A fonte do tipo Truetype é gratuita e é baseada na fonte Opensource Vera Sans que é similar em corpo à conhecida fonte Verdana.

Para realizar a economia não há nenhuma mágica, foi apenas uma engenhosa questão de bom senso em que concluíram após algum tempo de estudo e análise que se fizessem alguns furos no corpo da fonte haveria uma redução na aplicação de tinta sobre a folha de papel. Por que ninguém pensou nisso antes? O resultado da engenhosidade é o que você confere na figura abaixo:

Exemplo da Ecofont em tamanho ampliado

Assim ampliado parece feio, mas segundo a empresa quando impressa no tamanho padrão de um documento no Microsoft Word ou OpenOffice.org (cerca de 10pt e 12pt) não há diferença visual entre a Ecofont e a sua equivalente beberrona de tinta.

O procedimento para instalação no Linux é bem simples e pode ser usado em qualquer distribuição com 4 comandos simples no terminal.

wget http://www.ecofont.com/assets/file/spranq_eco_sans_regular.ttf
su
cp spranq_eco_sans_regular.ttf /usr/share/fonts/truetype
fc-cache

Para facilitar quem tem um sistema com o sudo configurado (como Ubuntu e variantes por exemplo) tecle ALT+F2 para abrir a caixa “Executar aplicativo” e cole a seguinte sintaxe para resolver tudo num “gole” só:

xterm -e 'wget http://www.ecofont.com/assets/files/spranq_eco_sans_regular.ttf && sudo cp spranq_eco_sans_regular.ttf /usr/share/fonts/truetype/ && sudo fc-cache'

Isso vai abrir uma pequena janela de terminal (xterm) onde a única coisa que você precisará informar é a sua senha. Quando a janela se fechar a fonte já estará instalada e disponível para qualquer aplicação executada por todos os usuários no seu sistema.

Algumas aplicações só lem a tabela de fontes disponíveis uma vez ao ser aberta, então se uma aplicação que estiver aberta não a encontre isso significa que será necessário fechá-la e abri-la novamente (No OpenOffice.org isso foi necessário).

A partir de então é só lembrar que ao invés de Arial ou Verdana a bola da vez é “Spranq eco Sans” e boas economias! Não deixe de visitar o site do projeto para saber sobre atualizações no modelo da fonte entre outras informações.

3 ideias sobre “Instalando a Ecofont no Linux”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *