Live backup no Postfix e o mal a lixeira

Usuários adoram fazer faxina na caixa de e-mail e esvaziar a lixeira, após fazer isso ligam para o suporte de rede desesperados perguntando se há a possibilidade de recuperar uma mensagem que receberam a dez minutos atrás e que por engano acabaram de apagar. Normalmente em um caso desses nós não temos como recuperar porque o backup é realizado somente durante a madrugada, mas é possível dar um jeito nisso e não é nada complicado de implementar se você usar o postfix.

Durante alguns anos administrando servidores de e-mail eu notei que o problema relatado acima – que eu acabei batizando de “mal da lixeira” – acontece com os usuários da minha rede frequentemente.

Por conta de muito stress com usuários, que acham que temos de ter a solução para todas as suas frustrações e desatenções, eu passei um bom tempo pesquisando no nosso amigo Google e na lista postfix-br a fim de encontrar uma solução prática para isso. Finalmente depois de muito procurar eu cheguei a um parâmetro não muito conhecido que permite fazer um backup em tempo real de todas as caixas postais do seu servidor Postfix sem muito trabalho.

Esse é o cara

Para não deixar ninguém angustiado de curiosidade o parâmetro usado é o “always_bcc” e o nome já diz tudo o que ele faz, né?!

O parâmetro always_bcc sempre enviará um bcc (Blind Carbon Copy – Cópia Carbono Oculta) para o endereço especificado.

Implementando

Para usá-lo a primeira coisa a ser feita é criar um usuário no seu sistema de e-mail e que será de uso restrito aos administradores na sua empresa, depois é só incluir no final do seu arquivo /etc/postfix/main.cf a linha a seguir:

always_bcc=livebackup@seudominio

Feito isso reinicie o seu postfix e pronto. A partir daí qualquer mensagem que o postfix tiver que enviar ou receber ele vai encaminhar (via cópia oculta) para a conta especificada.

É sempre bom ter um algo mais

Se você quiser algo mais elaborado você pode criar um script no cron para que periodicamente sejam criadas pastas nessa conta e as mensagens sejam movidas para lá

O tempo que você usará no cron para executar este script dependerá de cada caso. Por exemplo aqui eu recebo/envio uma média de 500MB diários, o que eu acho grande até de mais para um webmail que ainda é baseado no formato mailbox, então eu crio um pasta para cada dia e movo as mensagens para esta pasta.

Mas isso porque eu estou começando agora com esse esquema, o ideal talvez seja uma estrutura de pastas do tipo “ano/mês/num_semana” ou mesmo “ano/mês/dia. Pois do contrário a caixa ficará gigantesca e você poderá ter problemas para acessá-la.

Pense numa forma de organizar estas mensagens automaticamente e seja feliz. Da proxima vez que o seu diretor perguntar se é possível recuperar a mensagem que a esposa dele acabou de envá-lo e sem querer ele apagou você poderá dizer: “- Sim, mestre!” 😉

4 comentários em “Live backup no Postfix e o mal a lixeira”

  1. A solução com certeza é muito boa, porém quando se tem um servidor de e-mail que recebe e envia muitos emails durante o dia você tem que ter um baita de um disco para armazenar isto.

  2. Olá Gleison, antes de mais nada obrigado pela visita.

    Realmente o espaço é uma questão muito séria em servidores. Em minha estrutura com cerca de 600 contas de usuários e um volume médio entre 500MB e 1GB de dados em e-mails trafegados por dia esta solução se adaptou muito bem.

    Eu coloquei um disco adicional de 120GB no servidor para onde eu movo e compacto diariamente estas mensagens (via cron) de forma que na pior das hipóteses eu terei o backup do últimos 120 dias.

    Talvez essa solução ajude mais alguém. 😉

  3. Olá @João ,

    Na área de TI não existe o termo “não tem como fazer”, o que existe é o termo “não sei como fazer” e neste caso eu assumo, não sei. Um bom lugar onde você tirar esta dúvida é na lista Postfix-br [1], onde existem muitos profissionais mais tarimbados do que eu para responder a esta sua dúvida. Basta acessar o link abaixo e se cadastrar (nome, e-mail e uma senha), feito isso você estará apto a enviar e receber mensagens da lista diretamente no seu e-mail.

    Entretanto, antes de entrar e sair perguntando, recomendo que faças antes uma pesquisa no Google, talvez alguém já tenha passado por esta necessidade e escrito uma receita para isso.

    [1] Lista de discussão Postfix-br – http://listas.softwarelivre.org/mailman/listinfo/postfix-br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.