Criando um novo volume no LVM

No mês passado eu postei um texto sobre como redimensionar volumes LVM já que estava instalando o LVM pela primeira vez em um dos meus servidores em produção. Agora, pouco mais de um mês após aquele post, eu precisei criar um novo volume lógico naquele mesmo servidor para armazenar alguns backups de outros servidores.

O procedimento é simples, porém não é feito com apenas um “ENTER”. Primeiro detudo o você deve considerar que o LVM deve estar já instalado, já existir algum grupo de volumes contendo ou não um volume e o principal, possuir espaço para ser particionado neste grupo.

Verificando grupos existentes

Para saber quais são os grupos disponíveis no seu sistema e quanto você tem de espaço no grupo use o comando:

# vgs
  VG       #PV #LV #SN Attr   VSize   VFree
  GV_JBRJ1   2   1   0 wz--n- 263,59G 163,59G

Note que há um grupo (GV_JBRJ1 em 2 volumes físicos, com 1 volume lógico – respectivamente as 3 primeiras colunas). Este grupo tem 263GB estando 163GB livres.

É importante frizar que quando digo que este espaço está livre, me refiro a não ter sido usado durante o “particionamento” dos volumes lógicos. Veja isso com o comando abaixo:

# lvs
  LV        VG       Attr   LSize   Origin Snap%  Move Log Copy
  VL_SRV    GV_JBRJ1 -wi-ao 100,00G

Perceba que neste grupo só tenho um volume “VL_SRV” com tamanho de 100GB, ou seja, considerando que o grupo de volumes é um “disco virtual” com 263GB, temos uma partição (volume lógico) de 1ooG e o restante disponível para “particionamento”.

Criando um novo volume

Para criar um novo volume, neste grupo (GV_JBRJ1) chamado “VL_BACKUP” com os 163G disponíveis use o comando:

# lvcreate GV_JBRJ1 -n VL_BACKUP -L 163,58G
Rounding up size to full physical extent 163,58 GB
Logical volume "VL_BACKUP" created

Note que eu usei 163,58G ao invés dos 163,59G que estavam realmente disponíveis. Isso porque ao usar o espaço total eu recebi uma mensagem de erro dizendo não haver espaço disponível, provavelmente por conta dos arredondamentos.

Veja que esse valor é apenas 10MB menor que o espaço que vimos disponível pelo comando “vgs”. Com isso nossa perda será de no máximo 10MB o que pode ser desprezado sem problemas.

Veja o resultado com o comando abaixo:

#vgs
VG       #PV #LV #SN Attr   VSize   VFree
GV_JBRJ1   2   2   0 wz--n- 263,59G 8,00M

Note que agora existem dois volumes lógicos (coluna #LV) e que a nossa perda foi realmente de 8MB (menor do que os 10MB esperado).

Com o comando a seguir podemos ver como ficou a lista de volumes lógicos:

# lvs
LV        VG       Attr   LSize   Origin Snap%  Move Log Copy%
VL_BACKUP GV_JBRJ1 -wi-a- 163,58G
VL_SRV    GV_JBRJ1 -wi-ao 100,00G

Preparando o novo volume para uso

Agora que o novo volume está criado, podemos formatar o nosso volume com o sistema de arquivos desejado.

Com o comando abaixo estamos formatando como ReiserFS:

# mkreiserfs /dev/GV_JBRJ1/VL_BACKUP
 mkreiserfs 3.6.19 (2003 www.namesys.com)
 Format 3.6 with standard journal
 Count of blocks on the device: 42882048
 Number of blocks consumed by mkreiserfs formatting process: 9520
 Blocksize: 4096
 Hash function used to sort names: "r5"
 Journal Size 8193 blocks (first block 18)
 Journal Max transaction length 1024
 inode generation number: 0
 UUID: bf19abbf-5e73-45be-aac6-1bc181a8b845
 ATTENTION: YOU SHOULD REBOOT AFTER FDISK!
 ALL DATA WILL BE LOST ON '/dev/GV_JBRJ1/VL_BACKUP'!
 Continue (y/n):y
 Initializing journal - 0%....20%....40%....60%....80%....100%
 Syncing..ok
 Tell your friends to use a kernel based on 2.4.18 or later, and especially not a
 kernel based on 2.4.9, when you use reiserFS. Have fun.
 ReiserFS is successfully created on /dev/GV_JBRJ1/VL_BACKUP.
#

Montando o volume e disponibilizando para uso

Agora que o volume está criado a formatado só nos falta montar e usar. Vamos antes de mais nada criar um ponto de montagem e em seguida montá-lo manualmente.

# mkdir /mnt/backup
# mount /dev/GV_JBRJ1/VL_BACKUP /mnt/backup

Pronto, agora é só usar e só pra finalizar, se preferir (recomendável) crie uma entrada no /etc/fstab do seu sistema para simplificar e automatizar a montagem:

echo "/dev/GV_JBRJ1/VL_BACKUP /mnt/backup reiserfs defaults 0 2">>/etc/fstab

Não deixe de ler também os outros textos sobre LVM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.