Gerenciando vários proxies no navegador usando Foxproxy

Eu já uso o Foxproxy há alguns anos. Ele nada mais é do que um addon que você instala no seu navegador e após ser configurado ele redireciona o acesso para um proxy especifico de acordo com as regras que você definir..

Para contextualizar, quando eu estou fora do escritório mas preciso acessar os serviços da empresa que trabalho, basta que eu ative o proxy no meu navegador e pronto. Porém, quando o proxy está ativo, se eu acesso qualquer outro site que não tenha relação com o trabalho o tráfego estará sujeito ao controle e registro da minha empresa.

Como a configuração de proxy diretamente no navegador não é muito flexível, ou eu aceito as regras impostas pela minha empresa ou tenho que desativar o proxy manualmente, o que não é muito prático de se fazer e desfazer a toda hora.

É ai que entra o Foxproxy. Ele deixa um botão na barra de ferramentas para eu escolher qual proxy eu quero usar em cada ocasião, e ainda posso deixá-lo em modo automático para que ele escolha o proxy de acordo com a URL que estou acessando.

A instalação segue o mesmo padrão de outros plugins que você já tenha instalado no seu navegador e após instalar, há dois tipos de configuração que você deverá fazer:

O primeiro é definir os dados de acesso ao seu proxy, como tipo, endereço, porta, login e senha, como na imagem abaixo.

O segundo tipo de configuração é a definição de padrões que acionarão este proxy para você. Clique em “Save & Edit Patterns” para acessar a página de padrões como mostrada abaixo.

Os padrões podem ser baseados em caracteres curingas (Wildcard) como nos exemplos acima, ou baseados em regex, se você precisar de algo mais avançado.

Defina seus padrões, deixe a ferramenta em modo “Use Enabled Proxies By Patterns and Order” (clicando no botão do plugin que aparece na usa barra de ferramentas) e nada mais.

A partir daí todas as vezes que você acessar um site qualquer e a URL “casar” com uma regra, o Foxproxy se encarregará de redirecionar o tráfego pelo proxy definido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.