Limpando o cache do Squid

O squid é um sistema de proxy para controle de acesso em redes corporativas. Me arrisco a dizer até que deve ser o mais utilizado no mundo opensource, e esse mérito se dá simplesmente porque uma vez configurado e funcionando você esquece da sua existência já que ele é bem robusto e em geral não dá problemas. Exceto um! O cache cresce infinitamente e em algum momento acaba o espaço em disco.

Para resolver o problema há três formas, ou você aumenta o espaço em disco onde está o diretório de cache, ou você move este mesmo diretório para outro disco, ou simplesmente você limpa o cache.

Embora as duas primeiras soluções sejam mais efetivas dependem do seu hardware e configuração do SO, já que envolve aumentar o tamanho de partições, adicionar disco, formatar etc a terceira é feita com alguns poucos comandos via linha de comandos.

O diretório de cache é configurado na diretiva cache_dir do seu arquivo squid.conf.

grep cache_dir /etc/squid3/squid.conf
cache_dir ufs /mnt/dados/squid/spool 50000 16 256

Seguem os comandos usados em um servidor Debian que atua como proxy em uma rede (observe o diretório de cache que foi obtido com o comando acima)

#Para o serviço do Squid
service squid3 stop
#Renomeia o diretório acima do cache
mv /mnt/dados/squid /mnt/dados/squid-old
#Cria o novo diretório de cache
mkdir -p /mnt/dados/squid/spool
#Altera a posse do diretório de cache
chown proxy:proxy /mnt/dados/squid/spool
#Recria os diretórios de cache
squid3 -z
#Inicia o squid novamente
service squid3 start
#Remove o cache antigo
rm -rf /mnt/dados/squid-old

Observe que ao invés de remover o diretório imediatamente, eu primeiro renomeei, criei o novo diretório e subi o serviço, para só depois removê-lo de fato. Isso não é necessário mas diminui o tempo de parada, já que o o diretório de cache é bastante segmentado com muitos subdiretórios e arquivos pequenos fazendo perder muito tempo durante a sua remoção.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.