Nova experiência com a estabilidade do Ubuntu 14.04

Atualizei meu ubuntu 13.10 bugadão para o mais recente, e ainda não lançado, 14.04 LTS. O sistema ainda está em estágio beta e segundo se diz não é para os fracos ou para aqueles que precisam de um sistema  estável, entretanto meu sistema estava tão instável que nada poderia ser pior. Parti para o tudo ou nada, agora ou o Ubuntu fica bom ou volto para o Debian e não, isso não é uma ameaça é uma promessa que fiz a mim mesmo e ao meu notebook.

Bugs e mais bugs

Minha relação com o Ubuntu está em crise. O que alguns anos atrás me encantou na já ultrapassada e esquecida versão 5.04, hoje está me aborrecendo. O Unity falha, o Nautilus quebra de uma hora pra outra, meus discos externos aparecem corrompidos ou inacessíveis, lentidão ao abrir aplicativos que deveriam ser mais rápidos, suspender o sistema deixou de deixar garantia de que ele retornaria usável entre outros.

Depois de bastante sofrimento com o Ubuntu 12.04 LTS formatei o notebook e atualizei para o 13.04 e depois para o 13.10. Isso já há mais de 3 meses. O sistema ficou sensivelmente mais leve mas os problemas não foram todos sanados.

Agonizei com isso até ontem quando já não aguentava mais sofrer com os bugs que chegaram ao ponto de impedir que eu fechasse todas as janelas abertas sob pena de travar a tela por vários minutos e nos últimos instantes de sua existência em minha máquina resolveu ainda que não me permitiria nem mesmo acessar dispositivos USB.

Decidi então que o 14.04 seria a última chance do Ubuntu mostrar suas qualidades, ou do contrário eu voltaria para o bom e velho Debian, ou mesmo arriscaria o Mint.

Bem-vindo ao novo

Embora o 14.04 ainda seja uma versão ainda em testes – consequentemente cheia de problemas – eu baixei o Nightly Build, criei um pendrive bootável e iniciei um processo de atualização a partir dele.

O processo não formatou o sistema e consequentemente não excluiu meus dados, tão somente ele substituiu os antigos arquivos de sistema e levantou uma instalação limpa do Ubuntu.

Após o boot meu sistema se apresentou muito mais estável. Nada mais de travamentos, os discos USB estão acessíveis, ou travamentos ao suspender o sistema, no entanto nem tudo são flores. Os aplicativos instalados por fora do sistema de empacotamento Ubuntu (Oracle Java, Vmware Player, Google Chrome etc) não foram atualizados ou reinstalados o que gera um esforço extra, mas ainda assim parece que o esforço vai ser compensador.

Agora o Ubuntu terá alguns meses para me impressionar, do contrário ele será removido em favor do Mint ou do Debian, que sempre foi minha distribuição preferida e nunca me deixou na mão. Vamos ver.

2 ideias sobre “Nova experiência com a estabilidade do Ubuntu 14.04”

  1. Engraçado que eu não tenho esses problemas no meu pc com o 12.04… só teve uma vez que o nautilus estava bugando mais foi por erro meu, pois instalei uma versão mais nova via ppa que não era oficial da distro. Estou louco para usar a 14.04 mais não sei se instalo logo o beta pois tenho receio de ser instável.

    1. Saudações Vagner, realmente isso é algo pessoal. Eu tenho o Ubuntu 12.04lts instalado em 4 computadores e justamente os que mais uso deram o mesmo problema. Somente um deles que é mais usado pela minha esposa não dá problemas, ainda assim está muito lento. Mas este vai esperar a versão final.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *