Prism: Transforme seus sites favoritos em aplicações desktop

Existem alguns sites que costumamos acessar com tanta frequência que eles acabam precisando ficar abertos o dia inteiro. No meu caso em particular isto ocorre meu webmail, meu Wunderlist entre alguns outros. O problema de se manter o navegador (Firefox ou Chrome) abertos é que eles consomem memória demais e isso pode acabar sendo um entrave para o sistema como um todo e também, dependendo do número plugins instalados em seu navegador, ele poderá demorar muito para abrir. É ai que entra o Prism, uma ferramenta que permite criar um atalho no desktop de seu PC, para os seus sites favoritos, usando um navegador ultra leve baseado no Firefox.

Embora o projeto esteja meio parado o Mozilla a sua última versão encontra-se disponível para download no site oficial.  A sua instalação é relativamente simples e consiste em três passos: Baixar e descompactar o pacote e criar um link para acesso a partir do menu do seu ambiente. Ações estas que faço diretamente pelo terminal com os comandos abaixo:

cd /opt
sudo wget http://prism.mozillalabs.com/downloads/1.0b4/prism-1.0b4.en-US.linux-i686.tar.bz2
sudo tar xjf prism-1.0b4.en-US.linux-i686.tar.bz2
sudo cat <<EOF >/usr/share/applications/Prism.desktop
[Desktop Entry]
Type=Application
Version=1.0b4
Name=Prism
GenericName=Prism
Comment=Web Application
Exec=/opt/prism/prism
Icon=/opt/prism/chrome/icons/default/install-shortcut48.png
StartupNotify=true
Terminal=false
Categories=Office;Tasks;
EOF

Uma vez que o Prism esteja instalado, você poderá acessá-lo a partir do menu principal do seu sistema, na pasta “Escritório”. A sua tela de configuração é bem espartana, porém eficiente, como você pode ver na imagem abaixo.

Prism - tela de configuração

Nesta tela nós podemos configurar o endereço a ser acessado por um ícone que será criado na sua área de trabalho. Como se pode ver, as únicas informações necessárias para criarmos o link é o endereço do site, um nome que será exibido abaixo do ícone (que será carregado automaticamente do favicon, caso seja possível).

Entre as opções firulas estão a possibilidade de exibir a barra de navegação, barra de status e ativar as teclas de navegação, mas em regras gerais você não vai precisar de nada disso, então o recomendável é que você crie os atalhos sem estas opções e se com o tempo você notar falta é só recriar o ícone com estas opções ativadas.

Feito isso seus sites preferidos estarão ao alcance de um clique na área de trabalho e sem precisar carregar o seu navegador web pesadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.